Planta Cítrica

Como os E.U.A. se dedicam a abastecer seu mercado interno o Brasil transformou-se no maior exportador mundial de suco de laranja. Atende hoje a 50% da demanda e 75% das transações internacionais. Não há nenhum outro produto industrializado onde a presença do Brasil seja tão marcante.

Os maiores compradores do suco brasileiro são: Europa, Estados Unidos, Ásia e China.

Este crescimento teve uma base tecnológica permanente nas técnicas de plantio, de defesa sanitária, no processamento e na logística de transporte.

O Brasil é o único país do mundo a dispor de uma frota de navios graneleiros operando exclusivamente com a indústria do suco de laranja. Comparativamente, esses navios transportam a carga de 600 caminhões, os quais são frequentemente vistos descendo a serra em direção a Santos/Guarujá. É uma operação de vulto que exige tecnologia de ponta, investimentos e, principalmente, volume de produto a ser exportado.

A ETAL vem participando do crescimento do mercado cítrico, presente na maioria das empresas. Com toda essa experiência, criou um acervo técnico que lhe permite especificar, projetar e implantar processos para produção de sucos cítricos do tipo pronto para beber e concentrados, com avançadas tecnologias de produção e controle.

 

 

 

RECEPÇÃO E DESCARGA

Recepção e descarga a granel.

Plataforma hidráulica para truck ou carreta.

Laboratório de recepção de frutas.

Silos de armazenamento com comportas pneumáticas e sistema automático de direcionamento da fruta.

 

SUBPRODUTOS

Apesar de o suco ser o principal produto da laranja, vários subprodutos são extraídos durante o processo de fabricação. Dentre estes estão: óleos essenciais, D’Limonene, terpenos, líquidos aromáticos e farelo de polpa cítrica.

O D'limonene constitui 95% do óleo essencial nos cítricos. É encontrado na periferia da casca, de forma livre e em pequenas bolsas. Obtido na forma líquida, claro e transparente, com odor característico do cítrico. Pela sua volatilidade evapora, e quando condensado, pela diferença de densidade, é facilmente separado da água.

O mercado tem se mostrado bastante interessado pelo D'limonene por sua extensa aplicação, como por exemplo: aplicação em compostos aromáticos para alimentos, cosméticos, solventes industriais, redução de poluição e custos de tratamento de águas residuais pelo fato de ser altamente bactericida.O produto vem alcançando valores superiores ao próprio óleo essencial (Cold Pressed Oil).

Os subprodutos da laranja possuem diversas utilizações no mercado interno e externo, entre as quais: a produção de produtos químicos e solventes, aromas e fragrâncias, substâncias aplicadas na indústria de tintas, cosméticos e complementos para ração.

 

RAÇÃO PELETIZADA – PLANTA COMPLETA

Silo de bagaço e moinho desintegrador.

Reação horizontal e vertical.

Prensas desaguadoras (horizontal).

Secadores rotativos.

Peletização ou granel em sacos.

Silo de paletes a granel.

Waste Heat e recuperação de D’limoneno.

 

RECUPERAÇÃO DE C.P.O. (Cold Pressed Oil)

Recuperação de Cold Pressed Oil, com 60% recirculação de água amarela, centrífugas concentradora, polidora e desceramento contínuo.

 

RECUPERAÇÃO DE POLPA PREMIUM

Dois estágios remoção de defeitos (fragmentos de casca, sementes e albedo), seleção por tamanho e pasteurização da polpa.

 

Voltar
Etal Equipamentos e Tecnologia de Alimentos
Rua Padre Duarte, 151 - Sala 134 - CEP: 14800-360 - Araraquara-SP - fone (16) 3322-0458
desenvolvido por wab